Ouça Rádio Aliança

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

9° Razão por que a mulher não deve cortar o cabelo

Razão 9: Porque o véu deu lugar ao cabelo
Deus é claro em afirmar que o cabelo foi dado em lugar de véu.Ou seja, sempre que há a exigência do uso do véu, ela deve ser entendida como sendo do uso de cabeleira comprida. Com efeito, (1 Co 11.15) ensina, em relação à mulher, que “o cabelo lhe foi dado em lugar de véu”.
A expressão “em lugar de” é traduzida a partir da partícula grega “anti”, que ,por sua vez, segundo o Léxico Grego de Strong, significa “por, em vez de, em lugar de (alguma coisa).
A palavra mantilha é traduzida da palavra grega “peribolaion”, que significa “uma cobertura lançada ao redor,invólucro,podendo ser manto ou véu”
Assim o correto é que a mulher use o cabelo comprido, sem necessidade de que use o véu. De outra forma usar o véu e não usar cabelo comprido demonstra contrariedade à natureza além de ser contraponducente do ponto de vista espiritual e prático, pois como deixaria a mulher de usar o véu constantemente se a ordem de Deus é a de que oremos sem cessar (1 Ts 5.17)?
Há alguns que se contentam em exigir que as mulheres usem mantilha na igreja.Isso porém deixaria a descoberto a vida dessas irmãs durante todo o restante do tempo, quando é certo que a vontade de Deus é a de que os crentes estejam em comunhão com ele e prontos para exercerem a autoridade espiritual durante todos os momentos do dia.Ademais, conforme já natural, representa a submissão da mulher a um sistema degradante do qual Cristo a libertou.
Por fim, é importante salientar que o cabelo comprido não está como véu, mas em lugar de véu.Ou seja, ele não necessita estar sob a forma de véu,isto é, solto.Até porque o cabelo comprido não é um sinal para os homens, para a sociedade, mas para os anjos.O importante é que Deus e os anjos sabiam que a mulher não corta o seu cabelo.Aliás, se o cabelo fosse tido como se véu fosse, como ficariam as irmãs africanas, cujos cabelos dificilmente assumem o formato de véu?Essa verdade é constatada mais uma vez, por analogia, com a questão do nazierado.O propósito de não cortar o cabelo não precisava ser demonstrado perante os homens.Tanto é assim que a Bíblia explica, expressamente, que o cabelo de Sansão era arrumado em sete tranças (Jz 16.13).

Um comentário:

  1. mais pk tem gente que e crente e mesmo assim pode cortar o cabello ?

    ResponderExcluir